Boa noite - Itabira, quinta, 18 de abril de 2019


Viver
Glutton
Câmara

Polícia Militar e Vale se posicionam sobre alerta em Barão de Cocais

Proibido o acesso às áreas de risco - Publicado: 09/02/2019 às 16:14:25

O comando do 26º Batalhão de Polícia Militar, instalado em Itabira, mas responsável pela segurança pública em Barão de Cocais, se posicionou sobre os risco que a comunidade estaria passando, e norteou alguns pontos. “Esclareço que o posto de comando estabelecido em Barão de Cocais, envolve a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, Defesa Civil Estadual e Municipal, Vale, Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Polícia Civil de Minas Gerais, Bombeiros Civis de Barão de Cocais, e Voluntários da Cruz Vermelha,” citou em nota o tenente-coronel Hudson Ferraz.

Ainda segundo o oficial, os acessos às comunidades de: Socorro, Piteiras, Tabuleiro e vila do Congo, situadas nas proximidades da barragem Congo Soco, continuam ininterruptamente bloqueados pela PM. Qualquer acesso a área de risco potencial somente é autorizado para ações de preservação da vida humana e de animais.

O tenente-coronel ainda disse que todas as equipes que participam dessas atividades na área de risco, são orientadas sobre aos cuidados de segurança e de deslocamentos imediatos, em caso de alterações. Segundo o comandante, as estratégias estão sendo adotadas pela PM para a preservação do patrimônio dos moradores que deixaram suas moradias, com o reforço dos policiais do pelotão de Trânsito Rodoviário, e de Meio Ambiente.

Vale

Em nota oficial a Vale destacou o conteúdo encaminhado pela Agência Nacional de Mineração (ANM), determinando a evacuação de área junto a barragem sul superior da mina, depois de ser informada a empresa estaria dando início ao nível Um do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração. A Vale ressaltou que a decisão é preventiva e aconteceu após a empresa de consultoria Walm negar a declaração de condição de estabilidade à estrutura.

Contato

Para informações, dúvidas e outros

Contatos

contato@euclideseder.com.br
Twitter: @euclideseder