Boa tarde - Itabira, sexta, 06 de dezembro de 2019


Câmara de Itabira
Prefeitura de Itabira

Saiba quem são os 16 candidatos à Conselheiro Tutelar de Itabira

Dos cinco atuais, quatro tentarão reeleição - Publicado: 12/08/2019 às 15:33:02

Dia seis de outubro, os eleitores de Itabira vão escolher dez, entre 16 candidatos para a nova composição do Conselho Tutelar de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da cidade. A atuação da nova equipe será a partir de primeiro de janeiro de 2020, com mandato com duração de quatro anos. Dia nove de agosto houve reunião para alinhamento dos candidatos, e a campanha eleitoral está nas ruas desde segunda-feira (12). Os cinco mais votados serão os titulares, e os demais suplentes, para no caso de vacância ou desinteresse do conselheiro eleito, com a função de dedicação exclusiva.

“Tivemos outras etapas desse processo. Primeiro aconteceram às inscrições, e a prova específica de conhecimentos gerais e sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. Posteriormente ocorreu a avaliação psicológica, para verificar se os candidatos estão aptos para a função; para em seguida a apresentação das documentações exigidas, antes dessa fase de eleição, tão grande é a responsabilidade da função. Desde a inscrição estamos baseados em leis e acompanhados pelo Ministério Público,” disse Fabiana Quintão de Sá, presidente da comissão do processo de eleição do Conselho Tutelar de Itabira.

Estão no pleito eleitoral, quatro dos cinco atuais membros do Conselho Tutelar de Itabira: Angélica de Fátima Madeira, Deoclesio Ferreira de Matos, Maria Alice Costa do Nascimento Lima, e Nilda Aparecida Ferreira Alves. Os demais são: Adriana de Jesus Lourenço, Andreza Patrícia Gonçalves Gualberto, Gabriel de Carvalho Rosa, Gabriella Fideles da Silva, Luana Andreza Ferreira, Luciene Cristina Kelles, Matt Sllade Elias dos Santos, Mayra Amélia Assis Ferreira Portilho, Paulo Henrique Rodrigues da Silva, Rafael Flaviano de Oliveira, Taynara Giulia Silva Costa, e Wander Pinto Ribeiro.

“Está proibido na campanha o vínculo a pessoas que exercem cargos eletivos, como vereadores, prefeito e deputados; é vedada qualquer propaganda que ataque os demais concorrentes; e não pode haver recebimento de recursos para qualquer apoio financeiro,” concluiu Fabiana Quintão, da comissão do processo de eleição do Conselho Tutelar de Itabira. A eleição será entre 8h e 17h, franqueada a eleitores acima de 16 anos, já com título expedido pela Justiça Eleitoral. O eleitor terá que portar título eleitoral, e documento de identificação oficial com foto, ou o título eletrônico digital que tem foto.

Diferentemente da última eleição, há quatro anos, serão onze escolas como locais de votação. Na anterior foi em apenas uma instituição de ensino. As escolas que serão seções de votação serão divulgadas na semana de antevéspera do processo eleitoral. Os candidatos podem participar de debates desde todos sejam convidados e que pelo menos metade dos concorrentes compareça no evento, tenha regras claras e anteriormente informadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Itabira. Os concorrentes ainda podem participar de entrevistas, distribuírem material impresso, e até usar redes sociais, desde que não haja pagamento pelo espaço publicitário.

Contato

Para informações, dúvidas e outros

Contatos

contato@euclideseder.com.br
Twitter: @euclideseder